quarta-feira, 22 de março de 2017

Champô caseiro

Aqui há uns anos, dedicava-me a sério a fazer produtos de higiene e cosmética - basta clicarem na etiqueta "beleza natural", na coluna à direita, para verem todas as minhas experiências.


Entretanto, o tempo passou e estas coisas ficaram em segundo plano, até muito recentemente. Já aqui falei dos meus discos de limpeza facial e posso dizer que 4 meses depois continuam impecáveis, mesmo com as lavagens constantes.

Em fevereiro, decidi tentar encontrar um champô caseiro, que substituísse o de compra, não só por questões de sustentabilidade ambiental, mas também por que tenho gosto em fazer os meus próprios produtos e em depender apenas do que consigo fazer com as minhas mãos e os ingredientes que consigo encontrar.

Depois de ter visto várias receitas na internet, para ver o feedback de outras pessoas sobre esta temática e ter uma ideia do que me esperava, voltei-me para a minha fonte de informação habitual nestes casos - o livro Better basics for the home, de Annie Berthold-Bond. 




É necessário que fique claro uma questão - nunca conseguiremos replicar em casa exatamente os mesmos produtos que compramos nas lojas - os ingredientes são totalmente diferentes e a maior parte dos processos industriais não podem ser replicados nas nossas cozinhas. Isto não quer dizer que os produtos caseiros não sejam bons, significa apenas que são diferentes, com resultados igualmente diferentes. Se satisfatórios, isso já depende de cada um. 

Costumo exemplificar fazendo uma comparação com quem faz pão em casa, utilizando uma máquina de pão - o pão caseiro será sempre diferente porque o pão de compra tem outras farinhas, melhoradores de sabores, conservantes, etc. Melhor ou pior, é uma avaliação pessoal que depende do paladar, receita, ingredientes e expectativas de cada um.

Voltando ao livro que referi, escolhi fazer o champô à base do sabonete líquido neutro Dr. Bronner (marca norte-americana que quem se dedica a estas coisas deve reconhecer de imediato) e uma infusão herbal - no meu caso, de urtiga (recomendada para quem tem o cabelo oleoso como o meu).

É composto por:

- 300ml de infusão herbal adequada ao tipo de cabelo
- 30-60ml de sabonete (quanto menos, melhor)
- 1 c.c. de glicerina

Já utilizo este champô há mais de um mês sem qualquer reação alérgica, queda de cabelo, etc. O cabelo fica lavado e menos macio que quando lavado com um champô comercial. 

Por um lado, tenho de pentear o cabelo várias vezes por dia para o soltar mas por outro, não tenho tanta comichão no couro cabeludo como quando utilizo um champô tradicional. Penso que seja consequência do champô não ter todos os componentes de um champo comercial - sulfatos, condicionadores, etc. 

Para que conste, não esfrego o cabelo como quem lava roupa à mão num tanque antigo, mas sim espalho o champô por todo o couro cabeludo, de cima para baixo. Passo cabelo por água mais fria e seco o cabelo ao ar.

Como este champô é à base de sabonete líquido de azeite, que tem um pH mais alto que a pele, é recomendável, após lavar o cabelo, passá-lo/borrifá-lo com uma mistura de água e vinagre de cidra orgânico. Eu não o tenho feito, apenas porque ainda não encontrei este vinagre com um preço razoável.

Muito importante - pessoas que pintam o cabelo não deverão utilizar este tipo de champô, pois devido ao pH alto do sabonete, a tinta irá sair toda do cabelo.

Por último, é importante que se perceba a diferença entre sabão e detergente e suas consequências nos nossos produtos de limpeza. O sabão é de origem vegetal e o detergente é sintético. Ambos limpam mas o sabão pode reagir com o calcário da água deixando resíduos (a este propósito, quem lava a roupa com detergente feito à base de sabão ralado, deve ler este artigo). O detergente tem diversos componentes que anulam aquele efeito.

A nível do champô caseiro, a implicação é que o cabelo poderá ficar mais baço com a utilização de um produto à base de sabão. A solução, referida pela autora do livro citado, será utilizar durante algum tempo um champô com detergente. 

Espero que este post seja útil a quem pensa utilizar este tipo de champô. Informação é poder (e segurança), pelo que nunca deverão fazer qualquer escolha sem compreenderem as implicações das mesmas.

Até à próxima.



terça-feira, 14 de março de 2017

Gatos e costura - Cats and sewing : Burdastyle 09/2012, mod. 106

Se há algo que me apaixone, para além da costura, são os animais, especialmente cães e gatos (tenho um de cada). Assim, não podia resistir a uma sweatershirt com gatos estampados que vi na C&A.

Beside sewing, I'm passionate about animals, namely cats and dogs (I have one of each). So, I couldn't resist to a sweatershirt being sold at C&A, that featured cats.

Só havia duas questões a resolver - a camisola tinha o aspecto típico de uma camisola desportiva (demasiado desportiva, mesmo para quem trabalha num sítio informal como eu) e só existia em tamanhos grandes (comprei o tam. 54). Ou seja, apenas pormenores para quem, como eu, tem uma máquina de costura e moldes em abundância.

Two minor details - the sweatershirt was too casual (even if  I work in a very laid back work environment) and was available only in plus sizes (I bought size size 54). Nothing that couldn't be sorted by using a sewing machine and a pattern.

Entra em ação o molde da Burdastyle de setembro de 2012, modelo nº 106:

Cue Burdastyle 09/2012, #106:

A revista refere que "a mini gola alta e o decote da camisola em V atrás, assim como o material e as longas pinças do peito conferem ao modelo um porte e um volume modernos".

It's described as having "a flattering little standing collar and a nice V-neckline in the back."

Para mim, é o casamento perfeito entre um corte ajustado e uma peça que tanto pode ser formal ou mais casual dependendo do tecido.

For me, it's the perfect match - a fitted pattern thar can be more or less formal, according to the fabric chosen.




Claro que não podia deixar de fazer alterações. A mais óbvia, que me deixa mesmo feliz, (e demorada) foi bordar motivos nalguns gatos. Tenho lavado a camisola frequentemente e os mesmos estão impecáveis.

Of course, I had to make alterations. The most notorious one (and the one that leaves me very very happy) was to embroider small motifs on some of the cats. The sweatershirt has already been washed a couple of times and the embroidery is holding up.




Outra alterações foi aumentar o comprimento das mangas. Não fazia muito sentido, neste tecido, mantê-las a 3/4. Ignorei também a mini gola alta original e rematei o decote com fita de viés vermelha (numa das fotografias acima, consegue ver-se um pouco da fita na zona dos ombros). Utilizei o cós original para rematar a camisola e os punhos.

Another alteration was to lengthen the sleeves, it didn't make sense to keep them at 3/4 in this fabric. I also ignored the standing collar and finished the neckline with red bias tape (you can see a bit of the tape on the shoulders area in one of the photos above). I used the original ribbing to finished the hem and sleeves).




Embora não seja perceptível nos desenhos técnicos, o ombro tem uma pinça que é suposto ser cosida no seguimento da costura do ombro e depois de se coser a manga às cavas! Tentei numa manga e o resultado foi menos que satisfatório. Na outra, cosi primeiro a pinça, depois a costura do ombro e depois é que cosi a manga à cava. Ficou óptimo.

Although you can't see it in the technical drawings, the shoulder has a dart. The magazine instructs you to sew the sleeve to the armhole, and then sewing the shoulder and dart in a single step. I tried that and the result was less than stellar. So, in the other sleeve, I sewed the dart, the shoulder sleeve and then the sleeve to the armhole. It turned out great.

Da camisola original, só me sobraram uns retalhos minúsculos e parte do cós. Pode parecer ser estranho comprar uma camisola para depois a cortar. A questão é que, pelo preço que paguei pela camisola (12,90€), não conseguiria comprar tecido desta qualidade em quantidade suficiente para fazer a camisola.

After sewing the sweater, only minor scraps and some ribbing were left. It may sound weird buying a sweatershirt to cut it apart. The point is I payed 12,90€ for it. For that amount of money, I couldn't buy enough fabric with this quality to sew the sweatshirt.

Recomendo vivamente este molde - é elegante, o corte pode ser mais ou menos ajustado nas pinças do peito e, como viram, dependendo do tecido, pode ser mais ou menos formal. Ainda tenho o molde traçado, para poder costurar uma outra peça, desta vez sem alterações ao original (prometo!)

I highly recommend this pattern - it's smart, you can adjust the fitting using the front darts and, as yoy can see, depending on the fabric chosen, you can get a more or less formal top. I have kept the traced pattern because I want to sew another one, this time without alteration (it's a promise!)

Adoro gatos e agora todos sabem!
I'm a cat lover and (now) you know it!


terça-feira, 7 de março de 2017

Burdastyle 09/2013, mod. 120 - Blusa com motivos em croché || Shirt with croche appliques

Ora bem, o ano passado, em outubro (!!) decidi fazer uma camisa com aplicações em croché. Claro que tinha de complicar, pelo que só agora a acabei.

So last year, in october (!!!) I decided to sew a shirt with crochet appliqués. I started altering the pattern, so I only finished it today.




O meu ponto de partida foi este molde da Burdastyle 10/2016, mod.120b - uma camisa de estilo oversized, com bainhas curvas e assimétricas. 

I started with a Burdastyle magazine pattern - october 2016 issue, pattern #120b - it's an oversized shirt, with curve and assymetrical hems.
                                                      

O modelo original tem uma carcela tradicional com botões, mas ignorei essa parte e cortei a frente na dobra. De seguida, utilizei este tutorial, de forma a criar uma carcela como as que se vêem em polos e poder tirar a camisa pela cabeça.

It's a button up shirt but I ignored that part and used this tutorial to get a popover shirt instead, cutting the front on the fold.

Utilizei este tecido de algodão imitação ganga (já esgotado), que tinha comprado no verão passado.

My fabric is a cotton woven that mimics denim (I bought online last summer, it's now sold out).




 As bainhas curvas e assimétricas~
Curved and assymetrical hems

Continuando com as alterações, ignorei o colarinho original e optei por uma gola mandarim.

Keeping up with my changes to the pattern, I ignored the traditional collar and sewed a mandarim collar instead.


Com todas estas alterações, já não fazia sentido manter as mangas compridas, pelo que as encurtei e optei por fazer uma virola falsa nas mangas (que não se vê na foto abaixo...). Utilizei este tutorial, disponível no Youtube.

Long sleeves werent't making sense anymore in my interpretation of the pattern, so I've shortened them and sewed a false turn up cuff, using this tutorial from Youtube.


Toda a camisa foi feita com recurso às costuras inglesas e para obter um bom acabamento nas bainhas curvas, segui este tutorial. Funciona na perfeição!

I sewed the shirt using french seams and to achieve a perfect finishing on the hems, I used this tutorial, works like a charm!

Quando já tinha a camisa praticamente pronta, comecei a fazer os motivos em croché, o que demorou mais tempo do que tinha pensado, e a camisa foi ficando no meu manequim à espera de dias melhores.

When the shirt was almost done, I started crocheting the motifs, which took longer than expected. So the shirt stayed on my dressform, waiting and waiting and waiting....

Como tinha pensado inicialmente, as rosetas em croché foram feitas sem qualquer esquema, por isso, são todas diferentes. Tive apenas cuidado para que não ficassem onduladas, de forma a assentarem a direito sobre a camisa. 

Para evitar qualquer problema com a lavagem da camisa, coloquei as rosetas num saco de rede e lavei-as na máquina, como a camisa irá ser lavada. Só depois as distribuí e cosi na camisa à maquina.

As planned, the crochet motifs were made without a pattern, so they are all different from each other. My only concern was to avoid rippling on the motifs, otherwise they wouldn't be set flat on the shirt.

To prevent any possble disasters when laundering the shirt, I put all the motifs in a mesh bag and threw it in the machine, the same way I'm going to wash the shirt. It was only after that that got scattered and machine sewed on the shirt.

Raios, a camisa ficou mesmo como queria! É por este motivo que costuro, para poder ter roupa diferente e única. Saber que consigo transformar 1,5m de tecido e um novelo de linha nisto, deixa-me orgulhosa de mim mesma.




Damn, the shirt turned out just like I wanted. This is why I sew, to get clothing that is different and unique. Also, knowing that I can transform 1,5m of fabric and a ball of thread into this, makes me feel empowdered.

Até à próxima.

See you next time.

sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

Tricot de Natal - Christmas knitting

Considero-me uma sortuda por as pessoas que me rodeiam saberem da minha paixão por trabalhos manuais E apreciarem/valorizarem as prendas feitas à mão que lhes dou.

I feel very lucky because my friends and family know how passionate I am about crafts AND appreciate/value the handmade items that I gift them.

Neste natal, fiz umas quantas prendas, hoje mostro as de tricot.

This Christmas I sewed and knitted a few gifts and today I'm showing the knitted ones.

Em primeiro lugar, o cachecol raposa, no original faux fox animal scarf stole

First, a knitted fox stole.


Inspirado nas estolas de animais que se usavam antigamente, este é um modelo da designer de tricot britânica, Louise Walker, que tem um livro dedicado à taxidermia em tricot - Faux taxidermy knits.

Inspired by the animals stoles of older times, it's a patter by the british designer, Louise Walker, who has published a book with this and other designs, all related with knitted taxidermy - Faux taxidermy knits.


É um projeto relativamente fácil (1 carreira em meia, 1 carreira em liga) mas que pode ser demorado, consoante o ritmo a que se consegue tricotar - só o corpo da raposa tem 348 carreiras! Demorei cerca de mês e meio a tricotar a raposa (corpo, patas e cauda, entre outubro e novembro), e só dois dias antes do natal cosi o cachecol e bordei os olhos....típico....

The stole is not a overly hard project. It's knitted in stockinett stitch but it can take a while to knit, as the body of the fox take 348 rows! It took me one month and half to knit the fox (body, paws and tail - between october and november), and then, very typical of me, I sewed the stole and embroidered the eyes two days before Christmas.

Para ter a certeza que obtinha uma raposa o mais parecida possível com o original, comprei as lãs recomendadas pela designer, da marca Stylecraft. Como não consegui encontrar esta marca por cá, encomendei as lãs desta loja online.

To ensure that my fox was as similar as possible to the original one, I used the recommended yarn, of  the Stylecraft brand. I couldn't source it locally, so I ordered it from this online shop.



É um projeto extremamente divertido, muito apreciado por quem o recebeu e que fez um sucesso enorme.

It's a very fun project to knit, highly appreciated by its recipient and had a huge success.

Projeto de tricot seguinte, então. Agora um pedido de natal muito especial - um cachecol tipo manta, e que tinha de combinar com cores como branco, azul, preto...

So, next knitting project - a very special Christmas order - a blanket/scarf that had to match to white, blue and black colours.....

A minha ideia inicial era tricotar a manta em ponto arroz, que vi no site Purl Soho. No entanto, a minha mãe alertou-me que este tipo de ponto tem tendência para alargar, pelo que se optou por intercalar secções em meia com secções em ponto arroz. Entretanto, ela chateou-me até eu desistir pediu-me delicadamente fazer a manta e lá lhe dei as lãs que tinha comprado para o efeito.

My inicial plan was to knit the seed stitch blanket that I saw in Purl Soho, but my mother warned that this kind of stitch has a tendency to grow, so it was decided to knit some blocks in seed stitch and others in knit stitch. Meanwhile, she coaxed me gently asked to knit the blanket, so I gave her this task.




Como as cores da manta tinham de combinar entre si e com as cores que me tinham sido indicadas, optei por comprar um conjunto de novelos na loja que mencionei acima - Paintbox yarns Aran, na cor winter frost. Além de me sair mais barato do que comprar novelos individuais, tinha a certeza que as cores combinavam entre si. Estes fios são acrílico mas de muito boa qualidade.

The colours of the blanket had to match the recipients request and also themselves, so I chose the safest way and bought a pack of yarn - Paintbox yarns Aran, colour winter frost. It was cheaper than buying indivuals skeins and that way I was sure that there were no mismatches. This yarn is a acrylic but of a very good quality.






Foram utilizadas 7 cores e como se intercalou as secções de meia e ponto de arroz, a manta ficou com as "ondas" que vêem nas fotos. Foi tricotada com agulhas de 5mm e cada secção tinha 15 malhas (105 malhas no total).

We used 7 colours and due to our choice of design (1 block of seed stitch, 1 block of knit) the blanket  got those "waves" you see in the photos. 105 stitches were cast on and my mom used 5 mm needles. Each block had 15 stitches.

A pessoa que me tinha pedido a manta adorou o resultado, a minha mãe esteve entretida, por isso todos ficaram a ganhar!

The gift recipiente was very happy, my mom was busy for a while, so it was a win-win situation!

Da próxima vez, mostro as prendas que costurei.

Next time, I'll show the gifts that were sewed.

Até à próxima. 
See you next time.



terça-feira, 13 de dezembro de 2016

Capa pronta! - My cape is finished Burdastyle 12/2016 #103

A minha capa está pronta! É o modelo 103, da revista Burdastyle de dezembro de 2016, e tracei o tamanho 36. Tem bolsos de chapa e encaixes frontais e um capuz constituído por 3 peças. Fecha com molas de pressão.

My cape is ready! It's pattern 103, from the 2016 December issue of Burdastyle magazine. It features patch pockets, front pieces and a 3 piece hood and closes with snaps.

Como a última quinta feira foi feriado, aproveitei para costurar. Tinha um incentivo extra, que era o de ir passar o fim de semana ao Porto e querer levar a capa comigo, por isso não fiz nada neste dia, que não fosse costurar (o meu dia ideal, portanto).

Last thursday was a bank holiday here, so I spent the day sewing. I also had an extra boost of motivation, as I was going away for the weekend and wanted to wear the cape. I didn't do anything but sewing (my idea of paradise..)





Foi um dia preenchido, sem dúvida. A capa não é excepcionalmente complicada de fazer se seguirem a recomendação relativamente ao tecido que vem na revista. Eu tornei as coisas mais difíceis, ao escolher colocar um forro, forro de empastar e vistas. Ainda para mais, o tecido de forro que utilizei é daqueles que têm enchimento de poliester, branco, no avesso, o que cria mais volume para colocar debaixo do calcador, de tal forma que tive de coser as vistas ao forro à mão, porque não consegui meter a capa debaixo do calcador.

It was certainly a busy day. The cape isn't that hard...if you follow the fabric recommendations. I made my life harder,  by lining, underlining and adding facings to the cape. My lining had a polyester batting on the wrong side, so there was more volume to put under presser foot. I had to handsew the facings to lining by hand, for this reason.







Cometi um erro de novata : ao alterar o molde  para ter uma vista nas frentes, esqueci-me de descontar o valor da vista no molde do forro e só dei conta, quando ao coser a capa, descobri que tinha tecido a mais nas frentes. Tive de descoser o que já tinha feito, e cortar o tecido a mais e voltar a coser.

I made a beginner's mistake. When altering the pattern to have a facing, I forgot to remove it from the lining pattern piece. I started sewing only to found out the excess fabric on the lining fronts, so some unpicking, cutting and resewing was in order. 


As aberturas para os braços são criadas, sobrepondo as frentes e as costas, depois de prontas, e cosendo ao longo da marcação que vem no molde.  Embora as instruções digam para se usar fio torçal para este passo, utilizei linha dupla na agulha - uma dica que vi ou no Instagram ou no blog da Tany, o Couture et Tricot. Não sei se é aselhice minha mas de cada vez que utilizo fio torçal, a linha acaba por partir ou criar ninhos por baixo do tecido.

The arm openings are made by putting the front and back wrong sides together and sewing for a couple of inches. The sewing instructions say that one should use topstitching thread  for the arm openings, I didn't. I find that using that kind of thread jams my machine, so I used a double thread in the needle, a tip I read on Tany's blog -Couture et Tricot- or IG, can't remember.



Quanto às aberturas propriamente ditas, coser 6 camadas de tecido (tecido exterior, forro de empastar e forro x 2) até nem foi difícil (viva a minha Pfaff 1142)...tirar a capa de baixo do calcador é que foi! Tive de desaparafusar a peça onde o calcador encaixa, porque a capa não saía de outra forma...

It was easy to sew the 6 layers of fabric (outer fabric, underlining and lining times 2) of the arm openings, removing the cape from under the presser foot was a lot harder. I had to unscrew the part that holds the presser foot.

Consegui gastar um carrinho de linhas só com a capa e, durante a confeção, parti 5 agulhas, a maior parte a coser o capuz à capa, devido ao volume do tecido e às costuras que ali se encontram.

I used an entire spool of thread sewing the cape and managed to break 5 needles, mosty of them sewing the hood to the cape due to the volume of the fabric and all the seams that are there.

Estou mesmo contente com o resultado final e embora nunca me tenha passado pela cabeça anteriormente costurar uma capa, ainda bem que o fiz. Quanto ao lado prático da coisa, posso dizer que não atrapalha os movimentos.  Pode não permitir usar uma mala de ombro muito grande mas uma a tiracolo ou uma mala de mão, são opções possíveis.

I'm really happy with my cape and glad to have sewn it, even if it wasn't something I had planned, more a whim than anything. I had some reservations regarding the use of an shoulder bag with the cape but I can state that you can use a messenger style bag or a handbag without difficulty, though not a huge purse.



Entretanto, fui à loja da Pfaff no Porto e repus o meu stock de agulhas, a par de uma ou outra coisa que me faltava. 

Na loja também vendem linhas da marca da Madeira, que são de alta qualidade, por isso trouxe dois carrinhos para experimentar. Estas linhas não têm pêlo, como se vê nalgumas linhas mais baratas, e por isso também são melhores para a máquina. 

On my weekend away, I went to the Pfaff dealer and bought a couple of sewing needles, among other things.

They also sell Madeira sewing thread. It's an high quality thread, so 2 spools came with me for experimentation purposes. This thread isn't fuzzy, like some cheaper brands, so it's better to the machine.







Agora há que tratar de umas prendas de natal de última hora. 

Now it's time to sew some last minute Xmas gifts.

Até à próxima - See you next time