segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Frango com soro de leite

Mais uma receita do livro Na cozinha com Nigella – desta feita frango assado.

Ingredientes

1,250 kg coxas frango (utilizei um frango inteiro)

500 ml soro de leite

60 ml óleo vegetal + 2 col. sopa

2 dentes alho esmagados e sem casca

1 col. sopa de pimenta em grão esmagada (usei pimenta em pó)

1 1/2 col. chá sal mesa

1 col. cha cominhos moídos

1 col. sopa xarope ácer (não usei)

Para o soro de leite, juntei 2 colheres sopa de sumo de limão a 500 ml de leite e aguardei 10 min. antes de usar.

Num saco de congelar grande, coloque o frango, o soro de leite e os 60 ml óleo vegetal (4 col. sopa). Fechar bem o saco e agitar.

Juntar o alho, a pimenta e o sal.

Polvilhar com os cominhos, juntar o xarope de ácer, fechar o saco e agitar de novo.

Colocar a marinada no frigorífico durante a noite. Podem deixar o frango a marinar fora do frigorífico durante, pelo menos, 30 min. e até 2 horas, mas aconselho mesmo que preparem a marinada de véspera para poderem usufruir de todo o sabor.

Pré-aquecer o forno a 220ºC. Forrar um tabuleiro com papel de alumínio e colocar aí o frango, depois de sacudir o excesso da marinada. Regar o frango com as 2 col. sopa de óleo vegetal.

frango1

antes de ir para o forno

Asse no forno até o frango estar alourado ou mesmo torrado em algumas partes e cozinhado por inteiro.

frango2

todo tostadinho

No Elvira’s Bistrot, encontrei uma dica preciosa em relação ao tempo de cozedura do frango no forno – 20 min. por cada 450g de carne + 20 min. extra.

Bom apetite

Rustyboobz

domingo, 30 de agosto de 2009

Vamos desenhar girafas

Andava eu a fazer a ronda pelos meus blogs preferido quando, no Banana Craft, vi um post sobre isto: o designer norueguês Olla Hellande lançou o desafio de conseguir um milhão de girafas em qualquer suporte, menos desenhadas em computador ou compradas em lojas, até 2011.

A ideia é fazer com que as pessoas se desliguem, mesmo momentaneamente, do mundo digital e criem uma girafa à moda antiga - sem recurso a computador!

Mais informação em http://www.olahelland.net/giraffes/rules.php?eng=1

'Bora criar girafas?

Rusyboobz

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Renovação de armário

Cá em casa, mora este armário de que não gosto propriamente muito – tem portas com vidros, gavetas e não faz mesmo nada o meu estilo mas, pronto, à falta de melhor é o que usamos.

 

armario1

 

Pois bem, esta semana fartei-me de olhar para a confusão que ali reina e rapidamente arranjei solução…Cortei 5 painéis de tecido (3 frontais, 2 laterais),fiz um zigzag com a máquina de costura para as beiradas nãos se desfazerem e fixei no interior das portas com fita cola dupla face - assim, posso lavar ou mudar os painés sem estragar o móvel.

armario2

Não dá para ver mas o tecido tem bolinhas brancas. Pronto, confusão escondida!

 

Rustyboobz

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Molho de tomate e mangericão

Esta é uma das minhas receitas preferidas! Este molho de tomate fica simplesmente delicioso e aromático – experimentem, por exemplo, como base para pizza…hummmm….

Vi-a no programa do Jamie Oliver há já bastante tempo e, sempre que encontro mangericão à venda, faço-a. Geralmente, dobro a receita e congelo em caixinhas individuais. Assim, sempre que preciso de molho de tomate é só ir ao congelador. Fácil, rápido, saboroso e mais saudável que o molho de tomate de compra.

A receita original diz para se passar o molho por um passador de rede fina, pressionando os tomates para se obter todo o molho possível, em vez de utilizar o liquidificador. Eu fiz isso da primeira vez e, embora igualmente saboroso, ficou demasiado líquido para mim – prefiro a minha maneira, fica mais consistente.

 

Ingredientes 

1 lata de tomate pelado grande

Folhas de mangericão

2 col. sopa azeite

Sal, pimenta

 

Colocar 2 col. sopa de azeite numa frigideira e despejar aí o tomate. Acrescentar uma mão cheia de folhas de mangericão, uma pitada de sal e pimenta.

Esmague os tomates com as costas de uma colher de pau e e deixar levantar fervura. Retirar do lume.

SDC10290SDC10299SDC10300SDC10312

 

Com uma concha de sopa, coloque o molho de tomate num liquidificador - não encher mais de 1/3 do copo do liquidificador ou arriscam-se a que o molho espirre e se queimem! Colocar a tampa do copo e um pano de cozinha por cima desta para evitar acidentes. Triture o molho até obter a consistência desejada.

Levar de novo ao lume até levantar fervura. Nesta altura. retirar do lume e colocar em caixinhas pequenas ou em cuvetes de gelo. Quando arrefecer, congelar.

Este molho pode ser utilizado em peixe, carne, pizza, massas, etc, substituindo o molho de tomate de compra.

 

Rustyboobz

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Regresso ao trabalho I

in http://www.records.nsw.gov.au/state-archives/resources-for/family-historians/women-in-the-records/images/4876_7_9997_planning.jpg/view

Pois bem, dia 1 de Setembro regresso ao trabalho :( (só agora dei conta de como este pensamento é deprimente...), pelo que o tempo livre para ir às compras será consideravelmente menor. Além disso, para evitar idas frequentes ao supermercado, resolvi planear as refeições da próxima semana e fazer as compras atempadas possíveis de acordo com esse planeamento,reservando compras pontuais para os frescos que entretanto acabem.

Ora bem, de acordo com as preferências alimentares e numa tentativa de fazer refeições equilibradas e saudáveis (abaixo a carne vermelha!) aqui está a ementa:

2ª-feira:
  • Sopa de cenoura e grão
  • Lasanha de carne
  • Salada
3ª-feira:
  • Sopa de cenoura e grão
  • Bacalhau com polenta
  • Salada
4ª-feira:
  • Sopa de cenoura e grão
  • Arroz com cubinhos de frango e fiambre
  • Salada
5ª-feira:
  • Sopa de cenoura e grão
  • Tagliatelle com cogumelos e atum
  • Salada
6ª-feira:
  • Sopa de cenoura e grão
  • Fettucine com beringela, pinhões e basílico
  • Salada


Notas
  1. É óbvio que esta lista é apenas uma planificação, uma carta de intenções. Se chegar a casa e me apetecer almôndegas e puré, não é por causa da planificação que não vou comer almôndegas e puré.
  2. Os pratos dizem respeito ao jantar e servem 4 pessoas - tenho a sorte eu de poder levar almoço para o trabalho, pelo que tenho sempre de fazer comida a mais ao jantar para o almoço do dia seguinte. Desta forma, ainda se torna mais importante variar as refeições.
  3. Quanto a sobremesas, esta casa é pródiga em gelados caseiros e fruta, mas nem sempre se come sobremesa.
in http://keeperofthehome.typepad.com/.a/6a00e54f14494b883401156f5099f2970c-pi

A minha experiência diz-me que uma planificação atempada das ref
eições poupa tempo, dinheiro e reduz o stress. Venha a próxima semana!

Rustyboobz

Hamburguers com ananás



Fui buscar esta receita ao Elvira's Bistrot que tem sempre receitas fantastáticas.

A combinação dos ingredientes destes hamburguers torna-os simplesmente deliciosos. Apostem em ingredientes de qualidade e bom apetite!

Ingredientes para 2 pessoas
2 hamburguers de novilho
2 rodelas de ananás
1 cebola pequena cortada em fatias finas
Folhas de alface
2 pães de hamburguer
Manteiga
Pitada de açúcar

Lascas de queijo [ou queijo em fatia à falta de melhor]

Numa frigideira pequena, coloque a manteiga e frite as rodelas de cebolas até estarem moles e transparente. Colocar uma pitada de açúcar para caramelizarem.

Torrar ligeiramente as metades dos pãos na torradeira ou no forno.

Colocar manteiga num grelhador e grelhar as rodelas de ananás até estarem douradas. Grelhar os hamburguers até estarem no ponto e polvilhar com sal e pimenta.

Numa metade de pão, coloque a alface, a cebola caramelizada, o hamburguer, o queijo e o ananás. Colocar a outra metade do ananás e servir.


Bom apetite.
Rustyboobz


terça-feira, 25 de agosto de 2009

Burda Julho 2009 mod. 109B

Este é o meu 1º modelo da revista Burda (pelo menos, o 1º que me corre bem :p )- um top em jersey, rápido e fácil de fazer.
























O tecido é um pouco brilhante demais em relação ao que costumo usar, mas não há problema - só os tolos não se adaptam :). Ao vivo, o top assenta bastante melhor.



Este é o modelo original


Rustyboobz

Quesadillas

Mais uma receita da Nigella. Desta vez, uma receita que tanto pode servir para um lanche como para um jantar mais leve. Cá em casa, gostámos tanto que repetimos no dia seguinte.

Ingredientes para 2 pessoas
2 wraps
6 fatias de presunto
Rodelas de pickles de malagueta verde (usei malagueta vermelha)
Quejo ralado q.b.
1 cebolinha (não usei)
Folhas de coentros (usei mangericão fresco)
Azeite para pincelar

Cubra os wraps com o presunto. Numa metade de cada um, coloque as rodelas de malagueta, o queijo ralado, a cebolinha picada e as folhas de coentro.

Dobre os wraps ao meio, pincele-os cuidadosamente dois 2 lados com azeite e grelhe em chapa bem quente durante 1 minuto cada lado.Experimentem, vale mesmo a pena!

Bom apetite
Rustyboobz

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Pão com buttermilk

No início deste ano, e depois de muita pesquisa, comprei uma máquina de pão. Tenho de dizer que foi uma das minhas melhores compras. Embora o pão não fique exactamente igual ao de compra, devido a todos os melhoradores de sabor que são usados nas padarias, o pão sabe-me melhor e sei o que estou a comer.

Na internet, podem encontrar milhares de receitas para máquinas de pão, com os ingredientes mais variados possíveis. O blog Pão, bolos e Cia é um dos blogs que mais consulto em matéria da máquina de pão, passem lá.

No entanto, cá em casa gostamos de pão pão, ou seja, fazem-se as receitas mais simples, ou com as farinhas preparadas ou com farinha 65, água, fermento e sal.

Quando fiz ricotta, utilizei o soro que sobrou para fazer pão - ficou uma maravilha, fofo e saboroso! Hoje não tinha soro, mas improvisei buttermilk (produto lácteo fermentado, geralmente resulta do fabrico de manteiga).


Ingredientes
1 1/4 chav. buttermilk morno
2 c. sopa manteiga macia
3 c. sopa açúcar
1 c. chá sal
3 chav. farinha 65
2 c. cha fermento para pão


Podem comprar buttermilk no Continente ou façam como eu: juntem 1 1/2 c. sopa de sumo de limão a 1 1/4 chav. de leite e aguardem 10 min. antes de utilizar.

Coloquem os ingredientes na máquina de pão pela ordem indicada e seleccionem o programa Normal. 2.53h depois, voilá: um pão com 1,085 kg muito fofo e saboroso!




Bom apetite
Rustyboobz



quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Mousse de chocolate (mais ou menos) instantânea


A S. deu-me o livro da Nigella Lawson - Na cozinha com Nigella (obrigado S.!).

Entre todas as receitas que lá vêm, esta foi uma das primeiras a ser experimentada. Não é que eu goste muito de mousse de chocolate, mas uma que não leva ovos mas sim marshmallows tinha mesmo de ser experimentada.

Ingredientes
150g marshmallows
50g manteiga macia
250g chocolate (mín. 70% cacau)
60ml água acabada de ferver
284g natas gordas
1 c. chá extracto baunilha
Numa frigideira em lume brando, colocar os marshmallows, o chocolate, a manteiga e a água. Deixar derreter, mexendo de vez em quando. Retirar do fogão.

Entretanto, bater as natas com a baunilha até aquelas engrossarem. Envolver no creme de chocolate já arrefecido.

Colocar em taças e deixar no frigorífico até servir.

Ficou muito saborosa e leve, é uma sobremesa a repetir, sem dúvida.

A Nigella Lawson é uma cozinheira inglesa, conhecida por uma abordagem muito própria da cozinha. Li há uns tempos que um dos canais de televisão estava a negociar os direitos de transmissão do seu programa em Portugal. Esperemos que se concretize, sinto falta de um programa de culinária que me encha as medidas... Entretanto, podem visitar o site da Nigella

Bom apetite
Rustyboobz

terça-feira, 18 de agosto de 2009

Canja 'expresso'

Eu gosto de canja, mas só como mesmo a massa, pelo que não compensa fazer uma canja como ditam as regras. Esta receita é rápida, saborosa e económica. No entanto, não é aconselhável para crianças por levar malagueta.

Ingredientes
1,5l água
1 caldo galinha
1 malagueta pequena
100g massa para canja

Num tacho, ferver a água e juntar o caldo de galinha e a malagueta cortada em bocadinhos (podem colocar menos malagueta se assim entenderem). Deixar ferver novamente e juntar a massa. Provar e rectificar os temperos, se for caso disso. Cozinhar em lume branco até a massa estar cozinhada.

Bom apetite
Rustyboobz

PS-esta ideia foi-me dada pela minha colega J. Obrigado J.!

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Affogato

Affogato é o nome italiano pomposo para esta coisa tão simples e deliciosa: gelado de baunilha regado('afogado'') em café expresso.

Coloquem 2 ou 3 bolas de gelados numa taça/copo/o que tiverem à mão e reguem com café expresso acabado de tirar.


(e agora tentem tirar uma foto decente antes do gelado derreter....)

Bom apetite
Rustyboobz

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Bolachas de manteiga


Esta semana fui à Pollux comprar umas coisitas e calhou passar na zona onde estavam os dispara-biscoitos. Como não podia deixar de ser, lá trouxe um comigo - tem 10 discos para bolachas e seis bicos para decorar comida.

Hoje, passados estes dias de festas e aniversários, decidi estrear o meu brinquedo novo. Vi diversas receita e optei pela da Mafalda Pinto Leite no livro 'Cozinha para quem quer poupar' - massa de bolachas clássica.


Ingredientes (c. 40 bolachas)
250 g manteiga à temperatura ambiente
1/2 chav. açúcar em pó
1 c. chá de essência de baunilha
1 ovo à temperatura ambiente
2 1/2 chav. farinha sem fermento
1/2 chav. farinha maizena

Aquecer o forno a 160ºC e forrar 2 tabuleiros com papel vegetal.

Bater a manteiga, o açúcar e a esência de baunilha até obter uma massa fofa e clara. Adicionar o ovo e bater até obter uma massa homogénea.

Misturar a farinha e a maizena e peneirar para a massa de manteiga. Envolver com uma colher de pau.

Fazer dois discos de massa e guardar 20 minutos no frigorífico envolvidos em película aderente.

Colocar a massa no dispara-biscoitos e usar de acordo com as instruções do fabricante. Levar ao forno durante 15 min. ou até as bolachas estarem firmes. Retirar e deixar arrefecer numa grade.

(Sem utilizar o dispara-biscoitos: esticar a massa entre 2 folhas de papel vegetal até ter uma espessura de 3mm. Cortar com os cortadores que se quiser e colocar nos tabuleiros que se vão levar ao forno. Deixar estes no frigorífico até as bolachas estarem firmes. Levar ao forno durante 15 min. ou até estarem firmes mas sem ficarem douradas. Retirar do forno e deixar arrefecer nos tabuleiros durante 5 min. Colocar numa grelha própria para arrefecer).

As bolachas ficaram saborosas,mas penso que para a próx. vez as vou aromatizar com canela e raspas de limão. Aliás, a partir desta receita base podem utilizar-se os sabores que se entenderem.

Em todo o caso, bom apetite!

Rustyboobz

terça-feira, 11 de agosto de 2009

Um casamento e um vestido

Mais um vestido - conhecido como infinity dress, consiste numa saia, numa banda e duas alças extremamente compridas, que se cruzam como bem se entender. Como vêem, eu optei por cruzar as tiras nas costas entrançadas e prendê-las na cintura.
A parte da frente (eu bem que puxava o vestido para baixo mas ele teimava em subir - contrariedades dos tecidos de malha..)






E a parte das costas com as tiras entrançadas (e o mar ao fundo...)



Na versão original (com saia rodada), basta uma costura para fazer este vestido. Mais informação aqui e aqui.

sexta-feira, 7 de agosto de 2009

Bolachas de aveia com passas


Há uns tempos, andava à procura de uma receita de bolachas que tinha visto no Everyday Food, quando encontrei esta receita no blog As minhas receitas. Optei logo por estas bolachinhas mais simples e com menos ingredientes que a receita do Everyday Food.

As bolachinhas da foto de hoje (miserável mesmo...) são o que restou da última fornada que fiz. São simplesmente deliciosas. No entanto, optei por não colocar as amêndoas que vêm na receira original - não gosto assim tanto de amêndoas e são muito caras.


Ingredientes para 40/45 bolachas


100 g açúcar mascavado

100 g açúcar amarelo (usei açúcar branco)

125 g manteiga

1 ovo batido
1 col. chá extracto baunilha
1 col. sopa leite
150 g farinha sem fermento
1/2 col. chá fermento
1/2 col. chá bicarbonato sódio
1 pitada de sal
75 g passas
125 g flocos aveia


Forrar os tabuleiros com papel vegetal e ligar o forno a 180º C.


Bater os açúcares com a manteiga. Adicionar o ovo, a baunilha e o leite até obter uma massa homogénea.

Peneirar a farinha, o fermento, o bicabornato e o sal para a massa (evita a formação de grumos) e bater bem.


Juntar as passas e os flocos de aveia - nesta altura, uso uma espátula para envolver os ingredientes, dado que a massa se torna demasiado compacta para a batedeira. (Se a massa estiver demasiado líquida, como aconteceu a uma colega minha que fez a receita, é porque se enganaram algures....)


Com duas colheres de chá, formar bolinhas e colocar nos tabuleiros bem espaçadas - as bolachas alargam muito durante a cozedura. Levar ao forno durante 10-12 min até ficarem douradas.

Quando prontas, retirar e colocar numa grelha a arrefecer (permite que arrefeçam por igual, evitando que ganhem humidade e fiquem moles).
Atenção, quando se tiram do forno, as bolachas ainda vêm moles, só depois de arrefecerem ficam estaladiças e rijas.

Se as deixarem mais tempo no forno, ficarão demasiado duras.


Bom apetite

Rustyboobz

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Cogumelos grelhados com salada


Ao domingo, prefiro sempre jantar coisas mais leves (não necessariamente menos calóricas...) para não andar a mexer em tachos - é um hábito com longos anos, do tempo em que vinha para Lisboa ao domingo (carregada de tupperwares...), para ter aulas na Faculdade durante a semana.

Adiante...tinha comprado uma embalagem de cogumelos Portobello que precisava acabar. Estes cogumelos são muito carnudos e substituem facilmente a carne numa refeição. No forno, ficam uma delícia com presunto, tomate e queijo ralado.

No entanto, não me apetecia ligar o forno, por isso optei por grelhá-los acompanhados de uma salada mais composta.

Ingredientes
Cogumelos Portobello frescos
Alface, tomate, pepino - o que tiverem à mão
Presunto
Quejo ralado ou em lascas

Limpar os cogumelos com um pano húmido ou uma escova própria para retirar as impurezas (os cogumelos não se lavam, pois ficam insípidos.) Fazer cortes verticais e horizontais nos cogumelos, temperar com azeite, sal e pimenta e grelhar.

Fazer a salada com alface, tomate, pepino, desfiar as fatias de presunto e polvilhar com o queijo ralado ou em lascas. Servir com os cogumelos.

Bom apetite.

Rustyboobz

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Índice do Baton

O Presidente da Estée Lauder criou o termo Índice do baton em 2001. Segundo este, em épocas de crise financeira as vendas de produtos de belezas aumentam - são pequenos mimos que as mulheres dão a si mesmas para se sentirem melhor e enfrentarem as amarguras da vida.

Claro que é um ponto de controvérsia, pois poder-se-á atribuir o aumento de determinados produtos a 'modas' mas, enquanto mulher (não compradora deste tipo de produtos) isto até que faz algum sentido.

Até amanhã.

Rustyboobz

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Queijo ricotta

[queijo ricotta caseiro com doce de ameixa caseiro, claro]

No que toca às experiências culinárias, tenho de reconhecer que pareço uma criança – cada vez que vejo uma receita diferente, seja uma sobremesa, um prato de carne, etc, tenho de ir a correr fazê-la! Foi que aconteceu com o queijo ricotta. Assim que recebi a newsletter do David Lebovitz, pensei “tenho de experimentar!!!

Ingredientes

1l leite do dia gordo

125 g iogurte (sem ser magro)

1 c. chá vinagre branco

½ c. chá sal

Num tacho, colocar o leite, o iogurte, o vinagre e o sal. Deixar levantar fervura e ferver durante um ou dois minutos até o leite coalhar.

Forre um passador com um pano de tecido fino e coloque aquele numa taça. Despeje o a mistura de leite no passador e deixe escorrer durante 10 minutos. Aperte o pano ligeiramente e aperte ligeiramente para retirar o excesso.

Guardar no frigorífico e consumir no espaço de 3-4 dias.esso de líquido.

Guardei o soro do leite para fazer pão na máquina respectiva - ficou uma delícia, grande e muito fofo mesmo após 2 dias na caixa.

sábado, 1 de agosto de 2009

Licor de ameixas


Há uns meses, o meu sogro deu-me umas caixas de ameixas. Aproveitei para fazer licor. Para que conste, eu nem gosto de álcool mas aprecio o processo dos licores em si :)

Ingredientes
Ameixas
Aguardente
Açúcar
Água

Num frasco de boca larga, colocar ameixas inteiras e com pele até meio. Encher até acima com aguardente, de preferência caseira. Fechar o frasco e deixar num lugar seco e escuro, pelo menos durante 15 dias, agitando todos os dias.

Depois de 2 semanas, filtrar através de um filtro de meia e medir. Fazer uma calda de água e açúcar na mesma medida e juntar ao licor. Filtrar com filtros de papel e engarrafar. Reservar um mês antes de consumir.

Eu aproveito as garrafas de água com gás que se bebe cá em casa. Depois de lavadas e com um rótulo engraçado, dão umas prendas personalizadas e fora do vulgar - muito úteis no Natal (o licor vai ficando cada vez melhor). Se receberem fruta de graça, aproveitem!